Dê um Play e faça o seu BikeTur!

MUSEU JANETE COSTA DE ARTE POPULAR

Alô Ciclista! Bem-vindo ao Niterói Bike Tur!

Estamos diante de um casarão histórico construído em 1892. É o Museu Janete Costa de Arte Popular, que reúne joias raras e preciosas da arte popular fluminense e brasileira. Sua patronesse é a curadora de arte Janete Costa. Uma das suas instalações conta com um ateliê para artistas populares. O museu tem a missão de ampliar a divulgação da cultura popular brasileira. Sem separar os diferentes tipos de artes, Janete Costa afirmava que “para entender a arte é preciso aprender a olhá-la”. E foi com esta crença que ela sugeriu a ideia da construção de um museu.

Logo à frente você encontra o Solar do Jambeiro, que foi construído em 1872 pelo português Bento Joaquim Alves Pereira e se mantem preservado em seus mínimos detalhes, um magnífico exemplar da arquitetura residencial urbana do século XIX. Na sua arquitetura você vai se maravilhar com os azulejos portugueses da época, fontes de agua e uma coleção de plantas raras e de beleza indescritível. É sem dúvida alguma uma das maiores e mais antigas belezas arquitetônicas do nosso circuito, que vale a pena você visitar, fazer belas fotos e se transportar para o passado.

Um pouco mais à frente chegamos ao Museu do Ingá, que ocupa o Palácio Nilo Peçanha, antiga sede do Governo do Estado de 1904 a 1975, quando se deu a fusão com o antigo Estado da Guanabara. Sim, Niterói já foi a capital do estado do Rio de Janeiro. O Museu do Ingá tem uma característica muito singular, na medida em que preserva a história política e administrativa do antigo Estado do Rio de Janeiro e de seus governantes. Talvez, por esse motivo se justifique sua imponência e grandiosidade que pode ser constatada não só por sua arquitetura, mas também pela suntuosidade do seu jardim. Encoste sua bike, direcione a sua câmera e clique à vontade!

Vamos pedalar, pois já, já chegamos em um dos lugares mais incríveis de Niterói, o Campo de São Bento, que fica à quase três quilômetros daqui. Mas antes, você vai se deparar com a Praia das Flechas e a Praia de Icaraí, juntinhas, com grande extensão e vegetação composta de amendoeiras e coqueiros. Deixe a sua bike em um paraciclo para tirar belas fotos de mais um ponto de vista panorâmico da Baía de Guanabara. Você vai poder tirar uma foto na Pedra de Itapuca, que antigamente formava um arco natural com a terra firme; e outra na Pedra do Índio, que não possui esse nome por acaso, dizem que Araribóia, quando avistou a pedra, achou que fosse uma obra de Tupã baseada em sua face. Se hidrate e vamos em frente!

Avalie o Niterói BikeTur

BomRegularRuim

Compartilhe em suas redes sociais
Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter