Neltur participa de encontro para selar o Caminho Cervejeiro de Niterói

Foto 1 – Mapa das rotas do Caminho Cervejeiro de Niterói

A cidade agora terá um novo atrativo turístico entre os seus roteiros, o Caminho Cervejeiro de Niterói promete a degustação de cervejas artesanais super premiadas e feitas do lado de cá da baía, um verdadeiro convite para os aficionados e entendedores desta bebida tão popular e saborosa para muitos! Nesta quarta-feira, dia 13 de abril, na sede da Neltur – Niterói Empresa de Lazer e Turismo, o projeto foi entregue oficialmente ao Presidente da empresa, Paulo Novaes.

O projeto é fruto do PDPA – Programa de Desenvolvimento de Projetos Aplicados que consiste numa parceria da Prefeitura de Niterói, a Fundação Euclides da Cunha e da UFF – Universidade Federal Fluminense.

O teor do projeto consiste num diagnóstico da indústria cervejeira de Niterói, qualificação de 60 funcionários das cervejarias para o conhecimento sobre serviços e a cultura cervejeira, além da formatação do circuito, através do mapeamento de todos os empreendimentos e a criação das rotas, com desenvolvimento de três no total: Caminho Guanabara; Caminho Jardim Icaraí e Caminho Oceânico, que poderão ser  conhecidos através do site www.caminhoscervejeiros.com.

Segundo Paulo Novaes, Presidente da Neltur, depois da ciência da implantação do tema e da capacidade do município na exploração de um tema dessa natureza, sugeriu a inclusão do projeto no PDPA:

Foto 2 – Encontro de apresentação do projeto Caminho Cervejeiro de Niterói*

“Nesse momento que chegamos ao termo final pelo projeto apresentado pela UFF podemos avaliar que teremos em mãos um importante instrumento de turismo gastronômico na cidade. O desafio agora é incluí-lo num contexto maior, com ampla divulgação e os resultados virão com certeza. Nossa expectativa é de que poderemos liderar o segmento no Brasil e com isso atrair investimentos de outros importantes produtores de cerveja e quem sabe nos tornarmos a capital da cerveja artesanal”, vislumbrou Novaes.

Para o Diretor de Turismo da Neltur, André Bento,  provar um prato típico de um destino turístico, degustar uma cerveja feita no local é uma forma de vivenciar a cidade:

“Muitos empreendimentos ressaltam a história, os sabores e a cultura dos destinos. Niterói foi uma das primeiras cidades do Brasil a instituir uma lei de licenciamento da atividade de microcervejarias e seus bares cervejeiros: a “Lei dos Cervejeiros”, quando antes os locais para a fabricação da cerveja eram separados dos bares; esta lei também instituiu o “Selo Cervejeiro”, concedido aos empreendimentos que apresentem critérios como respeito aos valores históricos, sociais, culturais e ambientais da cidade, adoção de práticas sustentáveis, participação em programas de capacitação e qualificação de profissionais cervejeiros e etc. A experiência para o visitante da cidade em observa r o processo de produção e degustar ao mesmo tempo é diferenciada e única em Niterói. A Prefeitura e a NELTUR apoiam esta atividade não só por proporcionarem a difusão da cultura, mas também pelo desenvolvimento do turismo e da economia da cidade”, afirmou.

 

* Foto 2 – Da esquerda para a direita:

Alison Sapienza, Aluno de Mestrado curso de Turismo da UFF
Renato Lima, Fiscal do PDPA – NELTUR
Carlos Lidizia, professor dos cursos de Turismo e Hotelaria da UFF
Fred Cascardo, professor dos cursos de Turismo e Hotelaria da UFF
André Bento, Diretor do departamento de Turismo – NELTUR
Paulo Novaes, presidente da NELTUR
Ana Beatriz Moreira, aluna do curso de Turismo e Hotelaria UFF (Bolsista de Graduação)
Rafaella Vieira, aluna do curso de Turismo e Hotelaria UFF (Voluntária)
Lelio Galdino, professor dos cursos de Turismo e Hotelaria da UFF e coordenador do projeto.

Compartilhe em suas redes sociais
Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter